sexta-feira, 23 de junho de 2017

A vingança de Deus


I. Como nós vemos a justiça? O que é para si justiça? O que é fazer justiça?

Vamos simplificar "justiça": Justiça é punir o culpado e livrar o inocente!


A Bíblia tem muitos versículos sobre justiça. Mais de 362 pelo menos. Um versículo sobre justiça para cada dia do ano.

Vamos recolher dois exemplos: 

"Não seguirás a multidão para fazeres o mal; nem numa demanda darás testemunho, acompanhando a maioria, para perverteres a justiça;" Êxodo 23:2 
"A benignidade e a fidelidade se encontraram; a justiça e a paz se beijaram." Salmos 85:10

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Cinco reações em cadeia


“Palavras leva-as vento”. Nem sempre. O dito contradiz um outro: “Há quatro coisas que não voltam para trás: a pedra atirada, a palavra dita, a ocasião perdida e o tempo passado”.

Salomão coloca a questão numa forma positiva: “Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo” Provérbios 25:11

A palavra é uma ferramenta muito poderosa. Uma palavra ofensiva pode despoletar violência, uma insinuação provoca mau ambiente familiar e até mesmo a ausência de palavras pode ser perturbador.

sábado, 15 de abril de 2017

O altar do sacrifício


“Se me levantares um altar de pedras, não o farás de pedras lavradas, pois se sobre ele manejares a tua ferramenta, profaná-lo-ás.” Êxodo 20:25

“Façam o Altar do Senhor, o seu Deus, com pedras brutas, e sobre ele ofereçam holocausto ao Senhor, o seu Deus.” Deuteronómio 27:6 (NVI)

1. O que é um altar?

O altar é um lugar onde o homem mais se pode aproximar de Deus. É o lugar onde o imperfeito se encontra com o perfeito, o feio com o belo, a criação com o criador, o pecador com o justo.

terça-feira, 14 de março de 2017

Da comunicação à intimidade


I. Padrões prejudiciais

Sem uma comunicação saudável não haverá intimidade.

Há comportamentos no nosso relacionamento que levam à intimidade enquanto que há outros que são totalmente destrutivos de um casamento.


Há também casais que querem ter uma relação saudável mas desconhecem que certos comportamentos apenas a danificam.


quarta-feira, 1 de março de 2017

As linguagens do amor


“As Cinco Linguagens do Amor” é uma abordagem sobre as relações conjugais numa perspectiva de comunicação através de atos, no que diz respeito a dar e receber, na “linguagem” que mais agrada ao cônjuge. Gary Chapman encontrou em “palavras de afirmação”, “qualidade de tempo”, “receber presentes”, “formas de servir” e “toque físico”, matéria suficiente para desenvolver as suas abordagens em sessões de terapia com casais.

Entre outros temas, esta abordagem também ganhou espaço nos nossos convívios de casais.

I. Primeiro uma história…

Estávamos a cerca de 12 mil metros de altitude, algures entre Buffalo e Dallas, quando o meu companheiro de viagem colocou a revista que lia na bolsa do seu banco e, olhando na minha direção, perguntou:

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Cumplicidade no relacionamento


1. O mesmo propósito.

O namoro serve para afinar os nossos desejos, avaliar a nossa personalidade, confrontar o nosso egoísmo. É suposto que durante o período do namoro muita coisa tenha sido falada, assim como também é necessário fazer muitos ajustes e mudanças ao longo da vida de casados.

2. Companheirismo.

Companheirismo é gostar de fazer as coisas em conjunto. Quando um casal funciona bem não há problema se tiverem um negócio juntos ou se um for chefe e o outro o subordinado. Com um excelente companheiro podemos funcionar bem tanto no trabalho como no divertimento, no sexo e na oração.

domingo, 18 de dezembro de 2016

Felicidade duradoura


A felicidade é uma das maiores buscas do ser humano mas para alguns essa possibilidade tornou-se uma utopia total. As experiências más que já tiveram cobriram-nos com uma capa de defesa e negação da possibilidade de terem uma vida melhor: abençoada e feliz!

O livro dos Salmos pode ser-nos como um guia para uma viagem do “desespero” à “alegria” logo desde o primeiro capítulo.

O primeiro conselho que se pode observar é portanto…

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Respeito conjugal


“O respeito” parece ser uma exigência cada vez mais ultrapassada pois alguns interpretam-no como “tabu”, que isso seja falta de "relacionamento aberto" ou "falta de liberdade", mas isto é completamente diferente de "respeito conjugal".

O que nos ocorre basicamente nesta matéria, geralmente anda à volta disto: 
  • Infidelidade; 
  • Maus-tratos; 
  • Falta de consideração. 
... Mas não só, há muito mais.

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Famílias inteligentes


1. O que é uma família?

“Conjunto de pessoas que possuem um grau de parentesco entre si e vivem na mesma casa formando um lar”.
(Uma definição reduzida entre muitas outras que existem)

2. O que é a inteligência?

“Inteligência é um conjunto que forma todas as características intelectuais de um indivíduo, ou seja, a faculdade de conhecer, compreender, raciocinar, pensar e interpretar. A inteligência é uma das principais distinções entre o ser humano e os outros animais.

Etimologicamente, a palavra "inteligência" originou-se a partir do latim intelligentia​, oriundo de intelligere, em que o prefixo intersignifica "entre", e legere quer dizer "escolha". Assim sendo, o significado original deste termo faz referência a capacidade de escolha de um indivíduo entre as várias possibilidades ou opções que lhe são apresentadas.”

(https://www.significados.com.br/inteligencia/)

Resultado da soma das duas definições anteriores: “Uma “família inteligente” é um conjunto de pessoas ligadas entre si que precisam de ter a faculdade de tomar decisões e fazer escolhas”.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Stress no relacionamento conjugal


O relacionamento conjugal está associado à qualidade de vida e à saúde. Contudo, mesmo que um casamento possa durar muitos anos isso não significa necessariamente que é satisfatório para os dois ou pelo menos para um deles.

O stress afecta a qualidade de vida e provoca doenças. Por outro lado “qualidade de vida” não é apenas ausência de enfermidades, é bem-estar físico, social e mental.

Qualidade de vida também não é sucesso, pois se eu não tiver sucesso posso entrar em stress… Qualidade de vida engloba:



sexta-feira, 24 de junho de 2016

Melhorar o casamento


Há muitos casamentos que têm três etapas: A primeira é chamada “ideal, a segunda “calvário” e a terceira, “vamos fazer um acordo”. O facto é que, depois de casados durante alguns anos e depois de saírem do “país das maravilhas”, percebe-se que um bom casamento não acontece por acaso.

Casamento é trabalho duro! Salomão, no seu livro de Provérbios 24:3 descreve-o desta forma: “Com a sabedoria se edifica a casa, e com o entendimento ela se estabelece”. O verso seguinte diz: “E pelo conhecimento se encherão as câmaras com todos os bens preciosos e agradáveis.” (Provérbios 24:4).

Portanto, para melhorar o casamento são necessários: sabedoria, entendimento e conhecimento. Estes três encontramos em Provérbios. Neste tema vamos abordar 5 requisitos para melhorar o nosso casamento.

terça-feira, 12 de abril de 2016

Sermos nós próprios

"Não vale a pena preocupar-nos com o que dizem ou pensam de nós, o que precisamos é viver a vida e sermos nós próprios."

O que é ser "eu próprio"? Será possível "viver a vida" sem contar com a opinião dos outros? E de quais "outros" é que a opinião não interessa? Se a opinião dos outros não interessa, porque fazemos questão em comunicar-lhes isso mesmo?

domingo, 20 de março de 2016

Três pais


Descrição de PAI, segundo o dicionário: "Pai é uma palavra com origem no latim "pater" e representa a figura paternal de uma família, ou o progenitor de uma pessoa".

O conceito de pai se restringe apenas a uma pessoa que é o pai biológico de alguém. Um pai adotivo ou um pai de criação, apesar de não ter gerado o seu filho, não deixa de ser pai.

O pai que eu não tive

 

As redes sociais, ontem, dia 19 de Março de 2016, encheram-se de mensagens deliciosas, de saudade e de omissões.

Estes são daqueles dias que trazem a uns boas memórias mas a outros as piores recordações. Mesmo que alguém queira esquecer "o pai" ou o "dia do pai", hoje em dia até as redes sociais estão aí para nos lembrar disso. 

Paternidade de Deus



Como cristãos e filhos de Deus, é muitíssimo importante analisarmos a paternidade divina e a nossa filiação espiritual, à luz da Palavra de Deus, a fim de podermos alicerçar as nossas convicções de que Deus é o nosso Pai.
Deus é um Pai íntimo, terno, amoroso, amigo e cuidadoso, e não apenas um Deus estranho e distante; 

  • O pai biológico nem sempre, mercê de certas circunstâncias, age como um verdadeiro pai;
  • O pai biológico deixa de exercer a sua paternidade pela morte;
  • O pai biológico nem sempre está presente para nos proteger, defender, acarinhar, educar ou sustentar;